Dias sem pornografia


sábado, 3 de maio de 2014

Reboot: Como chegar aos 30 dias sem Pornografia, Masturbação e Orgasmo

Depois de muito tempo tentando, finalmente consegui alcançar e ultrapassar os 30 dias sem PMO. É um grande passo no abandono do vício. Os benefícios são inúmeros: maior energia, menor ansiedade, maior controle sobre a própria vida, você sente que as mulheres olham mais pra você, retorno de ereções espontâneas e fortes (aos 63 dias, ainda não sei se minha disfunção erétil está plenamente curada, pois não fiz sexo, mas o sinais são positivos), maior sensibilidade aos prazeres em geral. Enfim, é voltar a viver.



Basicamente, o que me permitiu ultrapassar a barreira dos 30 dias foram três coisas:

Este método constitui-se numa disciplina diária que tem me evitado recair, que tem me ajudado a manter-me longe de pornografia, masturbação, fantasias e orgasmo. Seria este o meu método:

Saia de casa. Mantenha-se ocupado

Nosso vício, para se realizar, precisa de um tempo e um espaço. O tempo precisa necessariamente ser ocioso; o espaço tem de necessariamente ser privado, com privacidade. Você não se masturba num espaço público, nem quando está ocupado.

Portanto, para não recair é preciso dissociar a dupla tempo ocioso & espaço de privacidade. Saia de casa, vá a espaços públicos. Bibliotecas, parques, shopings etc. de É a melhor precaução contra recaídas. Se não puder sair de casa, mantenha-se ocupado: lave louça, roupas, banheiro, limpe a casa, o quarto, estude, toque um instrumento. Enfim, ocupe-se para não se manter no velho comportamento.

Saia de casa mesmo que não haja nada para fazer fora de casa, mesmo que for para andar de ônibus sem rumo. O importante não é o que você vai fazer fora de casa, o importante é o próprio sair de casa. A mesma coisa vale para o ocupar-se. Se não puder sair de casa, ocupe-se, mesmo que não haja nada para fazer. Da mesma maneira, não importa o que te ocupará, mas o próprio ocupar-se é o que importa. 

Nosso vício é um vício comportamental, e portanto há que se mudar o comportamento, o hábito, para vencê-lo.

Usar o computador apenas para acessar o fórum e ler o ebook

O computador está para nós assim como o bar está para o alcoólatra. É ele que provê a oferta de pornografia a nós. Use bloqueadores de pornografia, como o K9 e o OpenDNS, mas tenha em mente: não há um modo perfeito de bloquear pornografia. Portanto, não fique zappeando na internet, navegando a esmo. Durante pelo menos as 3 primeiras semanas use o computador apenas para ler o fórum e o ebook.

Saia do facebook, pois ali há muitas imagens excitantes de garotas de biquínis ou até mesmo pornografia.

Ler e participar do fórum é importante para você tirar suas dúvidas e ver que você não é o único a sofrer com essa epidemia da modernidade. Cada vez que você retorna ao fórum, renova seu compromisso consigo mesmo. (Obs: se optar por contar os dias sem PMO, recomendo este contador aqui, igual ao que pus no topo do blog).

Lendo o ebook você vai aprender por que a pornografia vicia, o que você tem a ganhar se livrando da pornografia (isto é essencial! Leia o capítulo 7, sobre os benefícios) e o "como" se livrar do vício.

Muitos dos usuários - inclusive eu - relatam que o "encanto por computador", a vontade de não desligar o pc, desaparece depois de algumas semanas sem PMO. Muito provavelmente o vício em computador ou o vício em internet escondem um vício em pornografia.

Trocar o prazer do vício por um prazer saudável

Vício é quando nosso lado animal - que busca o prazer e o que é necessário à perpetuação da espécie (sexo, comida) - passa a controlar o lado racional. O que nos distingue dos animais é justamente a capacidade de dizer "não" aos desejos do nosso instinto animal. O vício enfraquece ou anula essa capacidade de negar o desejo.

E esse desejo (a pornografia, a masturbação, no nosso caso) é muito forte. Portanto, bater de frente contra a vontade de ver pornografia quase sempre é ineficaz. Ficar pensando "não posso fazer isto, não posso ver pornografia" somente aumenta a vontade de ver pornô. O mais inteligente e eficiente é driblar o vício. Em vez de lutar contra seu lado instintivo, engane-o.

Como? Ao parar de ver pornografia e masturbar-se, seu corpo vai clamar por prazer. Você acostumou ele com anos de picos de dopamina e agora que cortou a farra da pornografia, seu corpo vai fazer de tudo para você retornar a PMO (saiba disso).

Assim, se o corpo quer prazer, dê-lhe prazer. Mas não exatamente o que ele quer. Você irá trocar o prazer não-saudável da pornografia por diversos outros que sejam saudáveis: o prazer de ir a um parque, o prazer de estar com outras pessoas, o prazer de ir comer um prato diferente, de aprender um instrumento musical, praticar esportes.

Durante o rebooting, evite álcool, maconha ou qualquer outro tipo de prática ou substância prazerosa que não seja saudável (games eu também não recomendaria). Um dos motivos é que elas irão enfraquecer sua disciplina diária, abrindo brechas para uma recaída. Outro motivo é que, na minha opinião, como o corpo estará clamando por liberação de picos de dopamina no cérebro (a dopamina que a pornografia e a masturbação antes proviam...), creio que ao consumir essas substâncias durante o rebooting seja possível que se troque um vício por outro.

Na dúvida eu não pago para ver.

Pratique esportes. Acorde mais cedo.

Com isto, não só você estará trocando o prazer não-saudável do vício por algo prazeroso e muito saudável, mas também chegará em casa cansado - e quanto mais cansado, melhor - a ponto de não ter energia para querer buscar pornografia ou masturbação quando chegar em casa.

Além disso, outra dica é passar a acordar mais cedo. Dessa maneira, você passará a dormir mais cedo. Chegará em casa cansado o bastante para deitar e dormir. É assim, com essas duas dicas, que você irá evitar recair à noite.

Divida a meta em pequenas metas

Para não ficar ansioso, esperando os 30 dias chegar, eu fazia o seguinte. Por exemplo: quando estava aos 18 dias minha pequena meta era chegar a 20 dias (eu comemorava todas as datas redondas). Aos 20 dias, minha meta passava a 21 dias (3 semanas). De 21, minha meta passava a ser 24 dias (80% de 30 dias); e então minha meta passava a 27 dias (90% de 30). A próxima meta era 28 dias (quatro semanas). Quando vi já estava chegando a 30 dias. Não pensava nos 30 dias, muito menos nos 90.

É como se em vez de olhar para o horizonte distante, você olhasse para o chão, para o passo que dá hoje e para o que dará amanhã. Quando menos espera, de tanto caminhar, o horizonte chegou. Com esse esquema de pequenas metas, de dois em dois dias você tem o que comemorar. E assim, com essas pequenas vitórias, está sempre motivado a prosseguir. E não fica pensando naquele "dia número 30 que não chega nunca".


Perceba os padrões de recaída

A maioria de minhas recaídas seguiam um padrão: a) aos finais de semana, b) ao final do sono (quando a testosterona está alta), c) nos dias seguintes após balada. Identificando esses padrões, eu me protegi de mim mesmo e não recaí mais.

Os dois primeiros padrões acredito que afetam a todos. O terceiro é um padrão mais pessoal, mas está relacionado à frustração - e esta sim pode ser um gatilho para a recaída de qualquer um. Vejamos, respectivamente, um pouco mais sobre esses padrões, de forma a entender para não recair.

Padrão 1. Atenção redobrada com os finais de semana
Durante a semana, no meu caso, o trabalho exerce um efeito disciplinador, de modo que sempre tive mais facilidade em me manter sem PMO durante a semana. Assim, a maioria das recaídas que tive foram aos finais de semana, quando havia mais tempo ocioso e não havia a necessidade de sair de casa (ou seja, me mantinha no espaço de privacidade de casa). No fórum, muitos usuários relatam que muitas de suas recaídas ocorrem aos finais de semana. Portanto, esteja ciente disso.

As dicas são as mesmas: saia de casa! Durante todo o primeiro mês é essencial sair de casa todos os dias. Final de semana vá nem que seja a um supermercado comprar um chocolate. Você terá tido que tomar banho, se locomover (se for longe, melhor ainda), retornar e ainda dará a seu cérebro algo prazeroso (o chocolate - mas não vá exagerar rs). Não fique em casa. Se ficar, não fique desocupado - muito menos no computador.

Padrão 2. O final do sono
Ao final do sono, nossa testosterona está alta. É comum acordarmos com tesão, principalmente quando acabamos de parar com PMO. Então, esteja ciente disso também: seu corpo vai tentar te trair ao final do sono.

O melhor é levantar rapidamente, não ficar enrolando na cama. Abrir as janelas e a porta do quarto (para evitar a privacidade necessária à masturbação). Ir preparar um café da manhã, tomar um banho e sair de casa.

Padrão 3. Frustração
Percebi que sempre que eu ia a uma balada e não conseguia "ficar" com ninguém, me voltavam fantasias eróticas à cabeça que ameaçavam me fazer recair. O vício em pornografia é um vício em fantasias (aprendi isso no fórum e foi muito importante para eu conseguir engatar o rebooting). Vi que a frustração em relação a não conseguir uma mulher na noite anterior, isso me deixava triste e, portanto, o vício tentava voltar por esta brecha.

É sabido que em momentos de frustração, de dor, muitos viciados recaem. Pois então perceba o que te frustra, quais situações (por exemplo: o término de um namoro...), e saiba que seu corpo tentará te trair justamente nessas circunstâncias de dor e fragilidade. Aliás, acho que uma ajuda psicológica é de grande ajuda para nós.

4. Conheça seus próprios padrões
Perceba seus próprios padrões: você recaiu em qual circunstância? Após o quê? O que te levou à recaída? Por exemplo: há pessoas que recaem após jogar videogame. Os games lhes dão uma grande excitação e por conseguinte uma enorme vontade de se masturbar. Então, é preciso prestar atenção em si, identificar o que o leva à recaída e agir para "tapar essa falha no seu sistema de segurança".

Conclusão

Escrevi aqui o método que tem funcionado para mim. Não existe uma regra, pode ser que você tenha de pensar seu próprio método de enfrentar o vício. Mas saiba que nosso vício é um vício comportamental. Portanto, não o venceremos se não mudarmos nossos hábitos. O método é uma disciplina diária para que consigamos mudar de hábito e, assim, deixar o mundo de degradação moral da pornografia para trás. Sinta-se à vontade para criticar ou relatar abaixo o que você faz para manter-se firme e forte no processo de "reinicialização" do cérebro.

PS: Escrevi aqui sobre os 30 dias porque após esse período será muito mais fácil chegar aos 60 dias e, creio eu, aos 90 (estou a 63 dias sem M e O, e a 69 dias sem P). Será mais fácil até porque seu hábito terá mudado, mas também porque você estará mais consciente de como lidar consigo próprio.

25 comentários:

  1. E aí magrão, quero lhe parabenizar pelos 63 dias sem praticar o vício, tenho certeza que vc vai chegar aos 90, 100, 500... Enfim vai deixar de praticar esse vício maldito pra sempre, também estou nessa luta, hj estou completando 3 dias sem praticar, sei que ainda é muito pouco mas tenho fé que conseguirei vencer essa luta diária e me livrar desse vício, sua história me inspira muito, um abraço fique com Deus, e continue firme, vamos conseguir.

    ResponderExcluir
  2. As primeiras duas semanas são as mais difíceis. Depois você verá que a coisa fica mais fácil de lidar. Essa lista de ações e precauções que postei acima eu aplicava à risca para "sobreviver" às primeiras semanas. Hoje, aos 63 dias, já posso me dar ao luxo de, de vez em quando, não cumprir todos os itens. E grande parte dessas práticas já estão incorporadas no meu novo hábito. E se eu entro numa de achar que vou recair... reforço minha disciplina com relação a tudo que escrevi acima.

    No fórum há um usuário que já se livrou através do método descrito no ebook (que ele escreveu). Eu estou me livrando. Portanto, você está tendo exemplos de que a coisa funciona e de que é possível!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo Blog, vou passar a acompanhar aqui!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Ola! Estou cansado dessa praga de masturbação e encontrei esse site aqui e vou acompanhar.
    parabéns a todos que ja estão vencendo essa praga.
    vamos dar um fim a esses malditos manipuladores de mente que é o site pornográfico.
    vou com fé e espero o apoio de todos.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  5. Hoje já completa dez dias sem o vício da masturbação, e creio firmemente no poder de Deus na minha vida, para que eu consiga eliminar de uma vez por todas essa prática!

    ResponderExcluir
  6. Muito bom, cara!! Parabéns e muito obrigado!!

    ResponderExcluir
  7. Muito bom, cara gostei do blog. To me preparando a aderir o PMO ( tá certo? ) agora em outubro quando completo 22 anos, cansei dessa vida de punheta e depressão isso aqui é uma grande incentivo.
    abrazz

    ResponderExcluir
  8. O que significa masturbacao sem fantasias? É se masturbar imaginando estar fazendo sexo com uma mulher? E apos o reboot nunca mais poderei me masturbar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria se masturbar pensando em nada, o que na minha opinião é algo quase impossível. O que move a masturbação é a fantasia, que é pornografia internalizada na sua mente.

      Excluir
  9. "Minha meta era ficar 60 dias sem PMO (Pornografia, masturbação e orgasmo) mas eu só segurei até o dia 33 (que é hoje) e agora eu já bati algumas vezes só nesse dia.

    Acho que o motivo porque aconteceu é que eu estava com sexo na minha cabeça o tempo todo, então eu simplesmente desisti.

    Eu não estou me auto-criticando demais, mas eu devo ficar atento para não cair na tentação de novo. As coisas são bem diferentes quando eu não descabelo o palhaço.

    Antes de eu começar o desafio minha vida era assim:

    -Eu estava entendiado, increvelmente entediado.
    -Eu sabia o que queria fazer da minha vida, mas não estava tomando nenhuma AÇÃO em direção a isso, eu estava com esperança e esperando que as coisas caissem no meu colo ao invés de eu ir atrás do que eu queria.
    -Situações com as mulheres... eram ok, mas eu me importava muito com o que elas pensavam de mim, ela eram meu propósito de vida principal. Eu tinha que conseguir uma namorada e minahs tentativas de fazê-lo acabavam saindo como desesperadas.
    -Eu não tinha nenhuma motivação para ir atrás do que eu queria, eu só sentava na minha bunda deprimido e fapava.
    -Eu estava me sentindo para trás na Universidade e não aparecia para algumas aulas, eu não estava me importando, eu estava perdendo interesse e me recolhendo para dentro de minha própria concha ao invés de pedir ajuda.
    -Eu estava assistindo pornografia deeeeemmmaaaaaiiiiisssss, minha vida era meio que uma confusão na verdade, dava para perceber em toda a parte.
    -Conversas com novas pessoas eram estranhas e eu tinha dificuldade de olhá-las nos olhos.
    -Eu tinha pensamentos negativos pra carralho e toda a vez que eu não estava fazendo alguma coisa ou não tinha nada para pensar o comportamento padrão do meu cérebro era ir em coisas que me deixavam irritado e triste, era tudo sobre um a garota, eu escrevi sobre isso a alguns messes atrás, se você quiser dar uma olhada.
    -Basicamente as coisas não estavam do jeito que eu queria que elas estivessem, eu não estava conectado com meus sonhos e estava sendo um bunda mole.

    Eu não sei exatamente quando tudo mudou , eu acho que eu acabei "aumentando o volume" o bastante para me cansar do que estava acontecendo e acabei forçado a mudar.

    Eu não tinha foco
    nem determinação
    nem motivação
    me sentia um merda
    garotas estavam virando a prioridade enquanto a prioridade deveria ser EU e minha vida.

    Eu definitivamente precisava mudar.

    Já fiquei 60 dias sem PMO antes e o durante o "Be Powerful" (um dos cursos do AT), e nessa época e um pouco depois do programa as coisas estavam ótimas, eu estava focado, determinado, motivado, as situações com garotas se resolviam sozinhas porque elas não eram meu foco principal, mas sim minha vida.

    Eu me sentia mais seguro do que nunca antes.

    Logo a resposta para sair do meu abismo era simples, sem mais PMO.

    Sendo honesto, não foi tão difícil fugir da pornografia porque eu estava ocupado com exames da facul e outras coisas que realmente precisavam de atenção.

    ResponderExcluir
  10. Durante o curso desses 30 dias eu notei os seguintes benefícios:
    -Meus níveis de concentração ficaram muito mais elevados, eu absorvia informação mais fácil e as coisas pareciam simplesmente grudar na minha cabeça.
    -Minhas interações com amigos, estranhos e garotas ficaram muito mais divestidas, fáceis e fluídas.
    -Eu estou muito mais cofiante com as mulheres, eu fui de não conseguir a olhar para elas, par agora segurar o contato visual pensando "Ahm, eu to olhando pra você, edai?" haha
    -Eu recebo muito mais atenção das garotas, não sei porque, mas é muito bom.
    -Eu tenho aquele incrível senso de direção e propósito agora. Podia ser melhor, então eu estou visando melhorar isso.
    -Eu comecei a tomar iniciativa e a me mover em direção a minha vida em várias áreas, o que também está aumentando minha confiança. Quando barreiras aparecem, eu sempre consegui transpó-las.
    -Eu estou malhando regularmente e ficando mais forte!
    -O tanto que meu mindset mudou é inacreditável, é como se eu fosse uma pessoa diferente e eu sinto que eu vou preencher todo esse potencial que vejo dentro de mim.

    O motivo porque eu estou escrevendo esse post é para me lembrar que agora eu sei da diferença enorme que ficar sem PMO pode fazer. Eu definitivamenten ão posso voltar a ser como eu era apenas um mês atrás, e só de pensar nisso eu já fico assustado.

    Então... eu vou fazer um desafio para mim mesmo, para garantir que eu fique um período sólido de tempo sem PMO.

    Meu desafio é de 120 dias sem PMO. Parece impossível mas é por isso que eu estou botando essa meta, apenas coisas boas podem sair dai."
    "Minha meta era ficar 60 dias sem PMO (Pornografia, masturbação e orgasmo) mas eu só segurei até o dia 33 (que é hoje) e agora eu já bati algumas vezes só nesse dia.

    Acho que o motivo porque aconteceu é que eu estava com sexo na minha cabeça o tempo todo, então eu simplesmente desisti.

    Eu não estou me auto-criticando demais, mas eu devo ficar atento para não cair na tentação de novo. As coisas são bem diferentes quando eu não descabelo o palhaço.

    Antes de eu começar o desafio minha vida era assim:

    -Eu estava entendiado, increvelmente entediado.
    -Eu sabia o que queria fazer da minha vida, mas não estava tomando nenhuma AÇÃO em direção a isso, eu estava com esperança e esperando que as coisas caissem no meu colo ao invés de eu ir atrás do que eu queria.
    -Situações com as mulheres... eram ok, mas eu me importava muito com o que elas pensavam de mim, ela eram meu propósito de vida principal. Eu tinha que conseguir uma namorada e minahs tentativas de fazê-lo acabavam saindo como desesperadas.
    -Eu não tinha nenhuma motivação para ir atrás do que eu queria, eu só sentava na minha bunda deprimido e fapava.
    -Eu estava me sentindo para trás na Universidade e não aparecia para algumas aulas, eu não estava me importando, eu estava perdendo interesse e me recolhendo para dentro de minha própria concha ao invés de pedir ajuda.
    -Eu estava assistindo pornografia deeeeemmmaaaaaiiiiisssss, minha vida era meio que uma confusão na verdade, dava para perceber em toda a parte.
    -Conversas com novas pessoas eram estranhas e eu tinha dificuldade de olhá-las nos olhos.
    -Eu tinha pensamentos negativos pra carralho e toda a vez que eu não estava fazendo alguma coisa ou não tinha nada para pensar o comportamento padrão do meu cérebro era ir em coisas que me deixavam irritado e triste, era tudo sobre um a garota, eu escrevi sobre isso a alguns messes atrás, se você quiser dar uma olhada.
    -Basicamente as coisas não estavam do jeito que eu queria que elas estivessem, eu não estava conectado com meus sonhos e estava sendo um bunda mole.

    ResponderExcluir
  11. Eu não sei exatamente quando tudo mudou , eu acho que eu acabei "aumentando o volume" o bastante para me cansar do que estava acontecendo e acabei forçado a mudar.

    Eu não tinha foco
    nem determinação
    nem motivação
    me sentia um merda
    garotas estavam virando a prioridade enquanto a prioridade deveria ser EU e minha vida.

    Eu definitivamente precisava mudar.

    Já fiquei 60 dias sem PMO antes e o durante o "Be Powerful" (um dos cursos do AT), e nessa época e um pouco depois do programa as coisas estavam ótimas, eu estava focado, determinado, motivado, as situações com garotas se resolviam sozinhas porque elas não eram meu foco principal, mas sim minha vida.

    Eu me sentia mais seguro do que nunca antes.

    Logo a resposta para sair do meu abismo era simples, sem mais PMO.

    Sendo honesto, não foi tão difícil fugir da pornografia porque eu estava ocupado com exames da facul e outras coisas que realmente precisavam de atenção.

    Durante o curso desses 30 dias eu notei os seguintes benefícios:
    -Meus níveis de concentração ficaram muito mais elevados, eu absorvia informação mais fácil e as coisas pareciam simplesmente grudar na minha cabeça.
    -Minhas interações com amigos, estranhos e garotas ficaram muito mais divestidas, fáceis e fluídas.
    -Eu estou muito mais cofiante com as mulheres, eu fui de não conseguir a olhar para elas, par agora segurar o contato visual pensando "Ahm, eu to olhando pra você, edai?" haha
    -Eu recebo muito mais atenção das garotas, não sei porque, mas é muito bom.
    -Eu tenho aquele incrível senso de direção e propósito agora. Podia ser melhor, então eu estou visando melhorar isso.
    -Eu comecei a tomar iniciativa e a me mover em direção a minha vida em várias áreas, o que também está aumentando minha confiança. Quando barreiras aparecem, eu sempre consegui transpó-las.
    -Eu estou malhando regularmente e ficando mais forte!
    -O tanto que meu mindset mudou é inacreditável, é como se eu fosse uma pessoa diferente e eu sinto que eu vou preencher todo esse potencial que vejo dentro de mim.

    O motivo porque eu estou escrevendo esse post é para me lembrar que agora eu sei da diferença enorme que ficar sem PMO pode fazer. Eu definitivamenten ão posso voltar a ser como eu era apenas um mês atrás, e só de pensar nisso eu já fico assustado.

    Então... eu vou fazer um desafio para mim mesmo, para garantir que eu fique um período sólido de tempo sem PMO.

    Meu desafio é de 120 dias sem PMO. Parece impossível mas é por isso que eu estou botando essa meta, apenas coisas boas podem sair dai."
    Valeu!

    ResponderExcluir
  12. Ótimo blog.
    Já fiquei mais de 70 dias, mas fui caindo na tentação e falhei. Fiquei puto e ainda assim continuei com essa desgraça, ao ponto de que pegar o celular já ficava de pau duro, ou quando ia banhar já ficava com aquele desejo. Li sobre de novo, e decidi.
    Vou fazer bem a mim mesmo e parar com essa merda. Amém.
    Rumo ao reboot.

    ResponderExcluir
  13. Lembrei de uma frase: "Os vencedores nunca desistem e os que desistem nunca vencem". Quando pensamos nos benefícios de se livrar deste mal, nos animamos a não desistir. É uma batalha mental e às vezes ficamos exaustos.Mas é uma batalha que precisamos vencer. Quando penso que joguei 20 ANOS de minha vida fora me bate uma grande revolta. Mas eu, assim como todos que acessam este fórum entendo que é algo que precisamos fazer caso contrário nunca vamos ter paz. Só saberemos quem somos realmente depois que nos livrarmos desta praga que se instalou no nosso cérebro. Desejo sucesso a todos. E lembem-se: Não seremos os primeiros e nem os últimos a nos livrar desta praga. E após nos livrarmos teremos experiência suficiente para ajudar outros a voltarem a viver. Um forte abraço a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa sorte amigão, torço por ti e por mim. Vamos conseguir juntos. Abração!!!

      Excluir
  14. Otimo blog, comecei a me livrar dessa maldiçao, ja estou nesse vicio desde os 11 anos , agora percebo o tempo perdido, vou seguir essas dicas , abraços e força pra queles que estao nessa luta.

    ResponderExcluir
  15. bom...30 anos no inferno...pronografia e masturbacao sao uma rotina em minha vida..descobri o seu blog e chequei o ebook. Vc está fazendo um fantástico trabalho reunindo sofredores e tentando visualizar uma saída pra esse comportamento obscuro e limitante.
    Vou fazer uma tentativa séria e depois volto aqui pra reportar a minha experiência. Um caloroso abraco a todos e nunca desistam.

    ResponderExcluir
  16. Não quero mais isso, alguém pode me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fé amigão... você consegue

      Excluir
  17. Boa noite amigos!
    Este site é simplesmente maravilhoso, duvido quem não tem problemas com a pornografia, hoje em dia tudo tão fácil, mulheres maravilhosas, etc... etc... etc... porém como diversas pessoas relataram é um mundo de ilusão e a pornografia vai nos afastando de nossas esposas, noivas, namoradas, etc... precisamos uns ajudar os outros, parabenizo novamente este incrível site que nos auxilia neste vício maldito. Gente, eu sou casado há 10 anos, vamos valorizar a mulher que temos em casa, vamos lutar contra esta desgraça da Masturbação. Também peço pensamento positivo de todos para que consigo. Fiz 40 anos dia 17.04.2015 e foi o último dia que me masturbei, prometi para mim mesmo que nunca mais vou me masturbar, mas como disse um amigo aí que participou, devemos contar dia a dia, tal qual alcólatras, é um dia depois do outro sem a masturbação. Hoje dia 27 fazem 11 dias, amanhã 12, e assim vai. Boa Sorte a todos e uma ótima noite de sexo com as esposas!!!!

    ResponderExcluir
  18. Já estou há 7 meses sem PMO. E vamos à luta. Esse negócio de dizerem que masturbação é coisa normal de ser-humano é td uma mentira. Faz mto mal e pode acabar até casamento. Deixa a pessoa impotente. Falar que masturbação é para eliminar impurezas que podem causar câncer tb é uma mentira. Isso é o mesmo dizer que a invenção de Deus é falho.

    ResponderExcluir
  19. Eu me masturbo desde os 12 anos,hoje com 36 anos,10 anos de casado,e vivo constantemente deprimido por esse vicio maldito,escondo isso de todo mundo,disfarço mas minha relaçao com esposa ja nao anda bem.PRECISO PARAR DE VZ ,DAR UM BASTA NISSO!

    ResponderExcluir
  20. Completo duas semanas amanhã. Tá sendo complicado, mas preciso parar com esse péssimo costume. Desde os 10 anos eu pratico e me arrependo MUITO ! Boa sorte a todos nós ...

    ResponderExcluir
  21. Meu perigo maior é na madrugada. Minha testosterona me faz levantar e não conseguir dormir até alimentar o desejo, depois consigo dormir.

    Eu fiquei várias madrugadas sem dormir e lutando contra mim mesmo. Só que isso me fez mau. Umas olheiras enormes e pouca concentração no outro dia.

    Admito que sou dependente. Mas preciso muito de ajuda. Socorro!

    Vou ser livre de PMO
    Conto com vocês!

    ResponderExcluir